terça-feira, 7 de novembro de 2017

Somos Todos Digitais


Como sempre acontece na história da humanidade, o advento de uma nova tecnologia provoca um grande impacto social principalmente quando o uso da mesma é feito de forma massiva, trazendo uma série de mudanças no comportamento das pessoas.

A função principal das tecnologias é ajudar na resolução de problemas e tarefas cotidianas proporcionando melhorias e comodidades para os seres humanos.

Para exemplificar esta afirmação, é só imaginar como era a vida antes do surgimento dos meios de transporte e comunicação. As benesses que o automóvel, o avião, o telefone e a televisão trouxeram são imensuráveis.

Sendo assim, na virada do século XX para o XXI, o homem assistiu à chegada e à disseminação da internet, que tem provocado sérias rupturas no modo de produzir e consumir a informação.

Tudo tem mudado e mudará ainda mais e de forma cada vez mais rápida, sempre tendo a rede mundial de computadores como elemento norteador dos processos.




Internet


A internet é responsável pela maneira como as pessoas se relacionam e se comunicam umas com as outras. Basta observar os milhões de usuários das redes sociais e smartphones.

Devido a essas facilidades, pode-se comprovar que as pessoas estão escrevendo e lendo mais, além de terem acesso a um mundo infinito de conhecimento, de forma simples, rápida e gratuita. Isso é formidável!

Toda essa mudança democratizou a comunicação, que agora não está exclusivamente sob o poder dos grandes conglomerados de mídia. Ela pode ser transmitida por qualquer pessoa, de maneira ágil, sem censura e filtros, desde que haja acesso à internet.

A rede mundial de computadores tem facilitado bastante o cotidiano. Através da mesma, é possível interagir com outras pessoas, trabalhar, estudar, comprar, entre outras infinitas possibilidade de ações sequer imaginadas.


A internet é responsável pela maneira como as pessoas se relacionam e se comunicam umas com as outras. Basta observar os milhões de usuários das redes sociais e smartphones.

IoT


Como exemplo do que nunca se pensou antes estão as chamadas casas inteligentes, que possuem sensores conectados à internet, através dos quais é permitido controlar as luzes dos ambientes e os aparelhos eletroeletrônicos.

Também há a Internet das Coisas (IoT), como uma geladeira que informa à dona de casa, por meio de SMS, quais os alimentos precisam ser reabastecidos, ou uma SmartTV, que através do acesso à internet, pode ser utilizada para várias finalidades do que simplesmente assistir à programação da televisão.


Visão de Futuro 


Atualmente, muitos serviços dependem da tecnologia e da internet para o pleno funcionamento, como bancos, máquinas de cartão de crédito, empresas públicas e privadas, sendo ferramentas insubstituíveis.

A vida em sociedade alterou-se bastante em poucos anos, porém devido a este avanço quase que instantâneo se comparado com as descobertas dos séculos passados, como a revolução industrial, verifica-se que é difícil prever como será a vida da sociedade no futuro.

A tecnologia não chegou ao seu máximo e nem é possível saber com exatidão o que virá pela frente. Porém se faz necessário e urgente estar sempre preparado para as mudanças já previstas.




Uso Moderado 


Porém, como tudo na vida tem dois lados, o positivo e o negativo, muito são aqueles que erram na dose e ao invés de saber aproveitar o lado bom que a tecnologia, a internet e a redes sociais têm a oferecer, perdem muito tempo acessando conteúdo pífio, que não acrescenta nada de positivo, bem como produzindo e disseminando notícias falsas e maliciosas.

Também há pessoas que passam muitas horas conectadas no mundo virtual e acabam se isolando do convívio social. É necessário saber usar as tecnologias e a internet com moderação.


________________________________________________________________

Texto escrito para o Curso Eu Sou Digital 
FICR - Faculdade Imaculada Conceição do Recife
Equipe: Bruno Souto Maior, Bruno Pessoa, Juliane Coutinho, Diago Coutinho, Luciene Santos e Ivandro Barbosa

quinta-feira, 18 de abril de 2013

Um quiosque gourmet para chamar de seu

Fotos: Eudes Santana
Funcionando desde fevereiro de 2011, o quiosque gourmet Barracuda tem conquistado seu espaço no calçadão da Praia de Boa Viagem, no Recife, apostando numa receita inédita: petiscos assinados por chefs no cardápio fixo da casa. Com isso, o local virou ponto de encontro de chefs, gourmets e apreciadores da boa gastronomia.

Para reforçar ainda mais este conceito, a Barracuda realiza o projeto #todaquartatemchef, onde a cada semana um chef é convidado a criar dois ou três petiscos novos, servidos somente neste dia. E, tendo como ingrediente principal a amizade entre os cozinheiros, já passaram pela casa mais de 50 chefs de cozinha, entre pernambucanos, paulistas, cariocas e portugueses.

Croque da Taci - chef Taciana Teti

No início da Barracuda, a casa possuía um cardápio com cinco itens, todos criados pelo chef Jeff Colas (Maison do Bomfim, Olinda), que na época era sócio do empreendimento. Hoje, a casa ampliou seu cardápio e criou outro fato inédito: o cardápio da casa, servido de segunda a sábado, é uma mostra da gastronomia pernambucana, assinado por onze chefs.

A operação é bastante complexa, pois cada um dos itens do cardápio chega à Barracuda em porções, para ser apenas aquecido ou montado no local, já que os órgãos públicos não permitem manipulação de alimentos no local. Além disso, o quiosque ainda possui uma carta de vinhos e espumantes, nacionais e importados, onde o foco principal é divulgar a produção pernambucana do Vale do São Francisco, com destaque para os vinhos da Rio Sol.

Mexilhão Gratinado ao Roquefort - chef Jeff Cola

“Nossa ideia, desde o início, era trazer a boa gastronomia para um dos cartões postais da cidade, a Praia de Boa Viagem. Com isso atraímos um público que não utilizava este espaço para lazer à noite, mas que encontrou no quiosque um espaço para reunir amigos, degustar petiscos diferentes e tomar uma boa taça de vinho”, conta Ana Lins, uma das sócias da Barracuda. 

E a proposta tem dado certo. Outra novidade da casa é a Quinta do Vinho, que acontece na última quinta-feira de cada mês em parceria com o portal Vinho Club Premmium. “Nestas quintas são selecionados rótulos de vinhos para serem comercializados por preços especiais. Para harmonizar, um chef prepara um prato especial para os apreciadores da bebida”, esclarece Paulo Carvalho, sócio do quiosque.

Gratin Matuto - chef Felipe Barreto



Serviço:
Barracuda – Quiosque 3
Av. Boa Viagem, s/n (ao lado do posto 2, Pina)
(81) 3125.2633 
De segunda a sábado, das 16h às 22h
Cartão de crédito: todos

terça-feira, 16 de abril de 2013

Coleção RPM by TNG, Vista esse som

Foto: Divulgação

O vocalista Paulo Ricardo e os integrantes da Banda RPM lançaram uma linha de t-shirts inspiradas no universo do rock’n’roll. O projeto é uma parceria do grupo com a grife carioca TNG. A “RPM by tng. Vista esse som” apresenta t-shirts com modelagem slim para os homens e os modelos baby look e regata com costas nadador para as mulheres. “Camisa de banda tem tudo a ver com o universo do rock e esse projeto sempre foi um sonho nosso”, diz Paulo Ricardo. 

As cores das peças são básicas: preto, branco e mescla. Para completar a linha, foram criados bonés, uma lata decorada com todos esses elementos e um caderno tipo moleskini. Uma variedade de silks rock’n’ roll foram criados com exclusividade para a coleção: instrumentos musicais, caveiras, perfis e bandeira da Inglaterra. Eu já comprei algumas peças. Agora mesmo, enquanto escrevo este post, estou usando uma!

BlackBerry lançará seu novo telefone Z10 no Brasil

Foto: Divulgação

A BlackBerry lançará seu novo telefone Z10 no Brasil durante a primeira metade de maio, marcando a entrada da nova geração de produtos da companhia canadense em um dos maiores mercados mundiais de smartphones, informou o diretor-geral das operações brasileiras, João Stricker.
A empresa pioneira no segmento de smartphones anunciou no fim de janeiro sua nova linha de celulares, buscando reconquistar o mercado perdido para aparelhos como o iPhone, da Apple, e dispositivos acionados pelo sistema Android, do Google.
O Z10, totalmente com tela sensível ao toque, será compatível com a telefonia móvel de quarta geração (4G) no país, que deverá começar a ser oferecida até o final de abril nas cidades-sede da Copa das Confederações, por exigência do governo. Todas as principais operadoras (Vivo, TIM, Oi e Claro) venderão o dispositivo.

Curtindo o Recife de bike

Fotos: Reprodução Facebook


O que fazer para curtir um belo domingo ensolarado no Recife? Além da praia de Boa Viagem, é claro, a população conta com um novo atrativo para sair às ruas, no domingão. A Ciclofaixa de Turismo e Lazer da Prefeitura do Recife, iniciada em março, já é um sucesso de adesão. O projeto que funciona todos os domingos apresenta 25,5 quilômetros, passando por 19 ruas e avenidas que ligam a Zona Sul a Norte do Recife, ligando a cidade ao Bairro do Recife. Para garantir a segurança dos ciclistas, diversas ruas da capital pernambucana são bloqueadas, enquanto em outras a velocidade máxima é de 40 quilômetros por hora.

Na Zona Norte, apresentam faixas isoladas a Avenida Parnamirim, Avenida Rui Barbosa, Rua Amélia, Rua José Luiz da Silveira Barros, Avenida Agamenon Magalhães, Rua Leopoldo Lins, Rua dos Palmares, Avenida Mário Melo, Rua da Saudade, Rua Princesa Isabel, Avenida Rio Branco e Avenida Alfredo Lisboa.


Na Zona Sul o isolamento é no Parque Dona Lindu, aproveitando a ciclovia da Avenida Boa Viagem, seguindo pela Avenida Engenheiro Antônio de Góes, Avenida Engenheiro José Estelita e Avenida Sul. As vias ficam bloqueadas das 7h às 16h. Mais de cem operadores de tráfego e outros 48 guardas da CTTU trabalham para orientar o trânsito na cidade.


O que você está esperando para aderir a esse agradável movimento? Não tem uma bicicleta? Você pode alugar uma através do projeto de compartilhamento de bicicletas Porto Leve. As bicicletas do Porto Leve estão disponíveis em dez estações distribuídas inicialmente em pontos estratégicos do Bairro do Recife e dos bairros de Santo Amaro e Santo Antônio. Para maiores informações, acesse: www.mobilicidade.com.br ou ligue 81 4062 8499.



segunda-feira, 15 de abril de 2013

Vanessa da Mata no Projeto Nivea Viva Tom Jobim

Foto: Divulgação

Em homenagem a um dos maiores nomes da música popular brasileira e grande mestre da Bossa Nova, a Nivea lança o Projeto Viva Tom Jobim. A cantora Vanessa da Mata interpretará grandes sucessos do maestro em seis shows gratuitos, em diferentes capitais brasileiras: Salvador, Recife, Brasília, Porto Alegre, São Paulo e Rio de Janeiro. Aqui no Recife, o show será no Parque Dona Lindu, no próximo dia 28 de abril. Você, não ficar fora desse grande show, né?

segunda-feira, 1 de outubro de 2012

Trem da Serra do Mar Paranaense




Se você estiver passeando por Curitiba, a capital do Paraná, não deixe de fazer o passeio de trem pela Serra do Mar, uma das atrações turísticas mais encantadoras da região e que vale muito a pena conhecer. O trajeto se dá através da Serra do Mar Express, considerada a mais bonita linha ferroviária em operação no Brasil. São 110 quilômetros viajando pela maior área preservada de Mata Atlântica do país, por uma ferrovia com 127 anos de história.




O Trem da Serra do Mar Paranaense parte diariamente de Curitiba rumo à cidade histórica de Morretes, fundada em 1733, e aos domingos chega também a Paranaguá, cidade portuária muito importante para a emancipação do Paraná. A viagem leva aproximadamente três horas de duração, mas diante de tanta beleza natural, o tempo vai passando tranquilamente. Fazer uso de uma boa câmera fotográfica é indispensável: imagens belíssimas serão mais do que registradas.




A linha ferroviária, construída para interligar Curitiba a Paranaguá, simbolizou a entrada do estado para um novo país, que surgia no final do século XIX. Inaugurado em 1885, o trecho foi também uma grande realização dos engenheiros da época, por causa das dificuldades previstas no seu traçado.

As atrações do passeio já começam na Região Metropolitana de Curitiba, onde o turista consegue ver na cidade de Pinhais muitas espécies de araucárias, árvore típica do Paraná. Já em Piraquara, todas as atenções são para a grande quantidade de rios da cidade, que é considerada o berço das águas do Paraná.

Araucária, árvore típica do Paraná

Ao adentrar a acidentada região de Mata Atlântica, o trajeto segue passando por túneis, viadutos e pontes que ligam desfiladeiros. Uma das principais atrações do percurso é a imponente Ponte São João, construída com 402 toneladas de aço belga. Os 70 metros da obra impressionam pela linda visão que se tem a 55 metros de altura. Além disso, a passagem pela ponte causa uma sensação única de estar flutuando entre as nuvens.



Imagens da Ponte São João

Em seguida, encontra-se o Viaduto do Carvalho, uma construção com cinco vãos fincados na própria rocha que o trem percorre. O ponto chama atenção por conta da grande depressão que forma uma paisagem singular, com a incidência do sol sobre as montanhas, formando uma sinuosa silhueta recheada por diferentes tons de verde. Na viagem também é possível observar um dos picos mais altos do estado: o Pico do Marumbi, com 1.539m de altura.

Viaduto do Carvalho

Pico do Marumbi

Depois de tantas paisagens de encher os olhos, os turistas desembarcam na pequena e charmosa Morretes. O bucolismo de sua rotina, o clima agradável e as construções históricas atraem centenas de curitibanos todos os finais de semana. Ao caminhar por ruas tranquilas, percebem-se as construções coloniais bem preservadas, as praças arborizadas e as gôndolas com turistas passeando pelo Rio Nhandiaquara. A cidade também é um local ideal para os turistas que amam a natureza e buscam, por meio do ecoturismo, uma interação com o meio ambiente.

No centro de Morretes

Rio Nhandiaquara, que corta a cidade de Morretes

Coreto da Praça Central de Morretes

Chegando lá, não deixe de provar o autêntico Barreado, o prato mais tradicional da região, feito à base de carne (bovina ou suína) e preparado em panelas de barro. Como acompanhamento, a dica é servir-se com uma banana picada, farinha de mandioca e uma dose de cachaça produzida nos arredores.

Porção de Barreado

Os visitantes que provam a iguaria pela primeira vez, geralmente são batizados pelos garçons dos vários restaurantes que servem a marca registrada da cidade. O garçom mistura o barreado, servido quente, com a farinha colocada no prato. Para mostrar que o pirão (mistura de farinha com o caldo) está no ponto certo, é colocado virado sobre a cabeça do turista. Feita a brincadeira, percebe-se que o pirão está na medida: ele fica preso no prato, mesmo estando de cabeça para baixo. Vale lembrar também que fatias de banana devem acompanhar a especialidade para que este fique ainda mais saboroso.

Sendo batizado pela garçonete do
Restaurante Madalozo

No caminho de volta a Curitiba, a dica é subir a Serra do Mar pela Estrada da Graciosa. Aberta pelos primeiros moradores da região, por volta de 1646, e concluída no século XIX, a rodovia tem como características uma pista estreita e sinuosa, que ziguezagueia por entre a vegetação de mata atlântica. As paisagens, admiradas em alguns mirantes ao longo do trajeto, incluem cachoeiras, riachos, além de flores e plantas tropicais. Sem dúvidas, uma viagem que vai ficar guardadinha, nas mais doces lembranças.



Um dos vários mirantes da Estrada da Graciosa

Serviço:
Grupo Serra Verde Express
(41) 3888.3488